ain Era um texto baseado em um desastre natural... | Mini Cutxi

Era um texto baseado em um desastre natural...


Tinha tudo para ser a melhor viagem de todas, o Resort maravilhoso e os passeios incríveis. Estranhei aqueles ventos exageradamente fortes, mas pensei que era apenas um temporal que estava por vir. No momento, estava deitada numa espreguiçadeira quando avistei uma onda anormal em minha direção, comecei a entrar em choque, tudo estava sendo derrubado, coqueiros caindo sem parar. Não me mexi, estava travada, sem saber para onde correr. Aquela onda gigante passou por cima de mim, lembro vagamente de ter engolido muita água e ter me prendido em alguns galhos de árvores. Um simples coqueiro, sim, um entre todos aqueles milhares salvou a minha vida. Segurei-me nele vendo a água passar sobre meu corpo, recuperei a consciência no instante em que lembrei dos meus filhos e do meu marido, que poderiam estar embaixo daqueles entulhos todos ou simplesmente estarem vivos e seguros. Esperei algumas horas até o resgate chegar. No caminho de um hospital improvisado vi muitos corpos frios e mortos, vi pertences e a destruição de famílias em cada passo que dava.  Chegando no hospital estava perdida, eram muitas pessoas feridas e a situação era macabra. Anoiteceu e eu continuava lá, solitária e com aquele sentimento horrível de tristeza e dor, mas não dor física, e sim, sentimental. Por outro lado estava feliz por ter sobrevivido e por não estar com ferimentos graves. Demorei a pegar no sono, minha mente estava repleta de pensamentos e incertezas. Na manhã seguinte fui mandada junto com outras pessoas para um salão onde ficaríamos abrigados até encontrarmos nossas famílias e voltarmos para casa. Avistei de longe meus dois filhos e meu marido, meu coração estava quase saindo pela boca. Abraçamo-nos com um sentimento sem igual.  Na volta para casa lembrei-me de todas as vezes que não dei o devido valor para minha família e meus amigos, mas de tudo, o que mais me dói é saber que famílias e sonhos foram destruídos por algo inevitável. Agora uma pergunta está escancarada na minha mente, por quê?

Viviér Toigo Zangali

- Gosta de escrever? Então envie seu texto para ser divulgado aqui!
( e-mail no CONTATO )

Share this:

,

COMENTÁRIOS

0 comentários:

Postar um comentário

Será um prazer responder seu comentário!
Só não aceito comentários aqui,que possa denegrir
algo ou alguém!
Obrigada e volte sempre ;)
Beijos